Núcleo de Psiquiatria encaminha carta aberta à Assembleia Legislativa sobre situação do IPF
10/01/2022 10:54 em DEFESA

O Sindicato Médico do Rio Grande do Sul (Simers), por meio do Núcleo de Psiquiatria, enviou carta aberta aos deputados da Assembleia Legislativa reforçando a preocupação com a precariedade do Instituto Psiquiátrico Forense Dr. Maurício Cardoso. 

Há alguns meses a entidade médica vem acompanhando a situação do IPF. Em outubro, uma audiência pública reuniu profissionais e, posteriormente, uma vistoria foi realizada no local. Na ocasião foi constatada a falta de profissionais e infraestrutura precária. Em 2010, a instituição contava com 40 médicos no corpo clínico. Atualmente, são cinco psiquiatras, sendo que dois deles estão em vias de se aposentar. 

A intenção do Simers é garantir o apoio dos parlamentares e unir esforços em busca de soluções para a instituição. Além do Simers, também assinam a carta aberta a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Sindicato dos Servidores Públicos do Estado do RS (SINDSEPE/RS), Conselho Regional de Enfermagem (Coren/RS), Conselho Regional de Psicologia do RS (CRPRS), Conselho Regional de Medicina do RS (Cremers), além dos deputados Dr. Thiago Duarte e Jeferson Fernandes.

COMENTÁRIOS