Residentes do Ambulatório de Dermatologia Sanitária estão com falta de preceptores
07/01/2022 15:12 em DEFESA

Os residentes do Ambulatório de Dermatologia Sanitária (ADS), em Porto Alegre, estão preocupados com o descaso do Estado na formação profissional. Tendo em vista a redução no número de preceptores e a ausência de novos concursos para esta especialidade, o Sindicato Médico do Rio Grande do Sul (Simers) convocou reunião com este grupo de profissionais do órgão. A videoconferência, conduzida pelas diretoras Scarlet Orihuela e Bruna Favero, ocorreu na noite desta quinta-feira, 6.

Antes mesmo deste encontro, a entidade já trabalhava para evitar a precarização das residências oferecidas pela instituição. O Departamento Jurídico oficiou, em dezembro, a Secretaria de Saúde do Rio Grande do Sul, a Promotoria de Justiça de Defesa dos Direitos Humanos e o Conselho Estadual de Residência Médica (Cerem) a respeito da iminente falta de dermatologistas para a supervisão dos alunos.

O Simers segue atuando pela valorização destes importantes representantes da categoria, que merecem uma formação a altura de seus comprometimentos. Além dos residentes, a população sofrerá com a desassistência, pois a ADS é referência em hanseníase no Estado e está munida com equipamentos de ponta.

COMENTÁRIOS