Simers recebe medalha da 55ª Legislatura da Assembleia Legislativa do RS
03/12/2021 14:06 em MÉDICO

Na próxima segunda-feira, 6, às 17h30, será entregue a Medalha da 55ª Legislatura ao Sindicato Médico do Rio Grande do Sul (Simers), na pessoa do seu presidente Marcelo Matias. A medalha, que teve como proponente o deputado estadual Dr. Thiago Duarte, médico, marca a passagem dos 90 anos de existência do Simers. A solenidade de entrega, que pode ser acompanhada pela internet através do link https://alergs.webex.com/alergs/j.php?MTID=m83f33f0683e1fe566768dbedefbc5df2, acontece com a presença de convidados no Salão Júlio de Castilhos, no Palácio Farroupilha, sede da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul, que fica na Praça Marechal Deodoro, 101 - Centro Histórico, Porto Alegre.

Instituição surge no dia 20 de maio de 1931 para defender a profissão e garantir que apenas aqueles que tem a formação adequada exerçam a medicina. Iniciou como uma comissão de médicos que se uniram para organizar-se em sindicato. "Somos um grupo de entusiastas, mas muito em breve seremos uma apreciável força", disse Dr. Gabino Prates da Fonseca, fundador e presidente da primeira comissão executiva do Simers. O exercício da Medicina, permitido apenas por profissionais habilitados, foi regulamentado por decreto em 11 de janeiro de 1932, foi a primeira conquista pela regulamentação da profissão.

A renovação e avanços do Simers é reflexo de profundas mudanças tais como:  entidade mais transparente, democrática e participativa, que trabalha em defesa dos médicos e da saúde. Atualmente um dos principais focos da entidade contempla o futuro da Medicina, por meio dos médicos jovens e estudantes de Medicina, a fim de garantir a representatividade do médico de cada canto do Rio Grande do Sul.

O Simers se manteve firme e forte ao longo de nove décadas trabalhando pelo respeito ao Ato Médico, Valorização, Autonomia, Condições de Trabalho e Segurança ao médico no seu ambiente profissional. Os tempos mudaram, mas as causas defendidas se mantiveram. E a história dos médicos se reflete na história de reivindicações e conquistas desses profissionais. Ele é considerado o maior sindicato médico da América Latina, pelos feitos, ações inovadoras, abrangência no atendimento, estrutura física, assessorias política, jurídica e de comunicação. A entidade atua em cinco regiões do Estado, com 33 delegacias.

Com a nova diretoria, a partir de 2019 e tendo na presidência o Dr. Marcelo Matias, o Simers implementou a regionalização para estar mais próximo aos médicos em todos os cantos do RS e apoia a manutenção do Museu de História da Medicina, desenvolvendo várias campanhas de conscientização em prol da saúde e da proteção ao médico. Entre os núcleos de atenção do Simers está o Núcleo Acadêmico, que se destaca pela ação social às comunidades carentes do RS. Também os núcleos de Psiquiatria, Obstetrícia, Combate à Precarização do Trabalho Médico, Combate ao Exercício Ilegal da Medicina, Municipários, Pediatria, Inovação e Médico Jovem.

COMENTÁRIOS