Simers avança em audiência de conciliação com FMSC, mas há pontos a serem negociados
18/11/2021 18:30 em DEFESA

Representantes do Sindicato Médico do Rio Grande do Sul (Simers) participaram de audiência de conciliação e mediação promovida pelo Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região (TRT4), na quarta-feira, 17, entre o Simers e a Fundação Municipal de Saúde de Canoas (FMSC). A sessão ocorreu de forma virtual e foi conduzida pelo desembargador Francisco Rossal de Araújo.

O diretor Ricardo Pedrini, acompanhado de dois advogados da entidade médica, conseguiu dois avanços para os trabalhadores: as questões relacionadas ao banco de horas e liberação dos médicos para participação em eventos. Duas demandas, no entanto, ainda não tiveram plena concordância entre as partes. São elas: os reajustes nas remunerações e os adicionais por tempo de serviço.

Cerca de 90 profissionais serão beneficiados com a aprovação e o acordo assinado. A Fundação ainda não assinou o acordo coletivo aprovado pela categoria no final do ano passado. Diante do impasse estabelecido e da demora, o Simers buscou o Tribunal para mediação.

Para buscar o entendimento, o desembargador propôs que ocorra uma nova audiência de mediação a respeito do índice de reajuste dos salários, após o decurso do prazo previsto no art 8º da lei complementar 173/2020, e que haja a manutenção do pagamento do adicional por tempo de serviço na forma das normas coletivas anteriores. As partes se comprometem a discutir a proposta do mediador e debaterão em nova audiência no dia 25 de janeiro de 2022, às 15h, no TRT4.

 

COMENTÁRIOS